Internacional Mulher oferece abraço, e homem desiste de se jogar de ponte nos EUA

Mulher oferece abraço, e homem desiste de se jogar de ponte nos EUA

'Eu só queria ajudá-lo a se sentir melhor', afirmou Nicole Oyola, que impediu que um rapaz se atirasse da ponte Howard-Franklin, na Flórida

Mulher oferece abraço e homem desiste de jogar de ponte nos EUA

'Eu disse que tudo ia ficar bem', afirmou Nicole

'Eu disse que tudo ia ficar bem', afirmou Nicole

Reprodução/Fox 13

Uma mulher impediu que um homem pulasse de uma ponte na Flórida, nos EUA, ao ofercer um abraço e dizer à ele que "tudo ia ficar bem" na última quinta-feira (1º). As informações são da rede de notícias Fox News.

Nicole Oyola, 23, afirmou em entrevista à emissora Fox 13 que ela parou ao lado da ponte e viu o homem que estava prestes a se jogar. "Comecei a conversar com ele. Disse que ele valia a pena, que ele era suficiente e que, apesar se eu não saber pelo o que ele estava passando, tudo ia ficar bem", afirmou.

Nicole disse à emissora que o homem, que aparentava ter pouco mais de 20 anos, se emocionou com a ação. "Ele olhou para mim, começou a chorar e eu disse à ele que só queria dar um abraço. Então ele veio ate mim e eu o abracei."

Segundo a publicação, a mulher ligou para a polícia e eles tiraram o rapaz da ponte.

"Eu só queria ajudá-lo a se sentir melhor. Se eu estivesse passando por isso, gostaria que alguém fizesse o mesmo por mim”, desabafou a mulher para a Fox News.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Raphael Hakime

    Access log