Navio brasileiro encontra mais destroços de avião chileno

Embarcação da Marinha do Brasil recolheu pedaços da aeronave e também 'itens pessoais'; avião sumiu em rota para a Antártida

Pedaço de espuma encontrado pertenceria a avião chileno que caiu rumo à Antártida

Pedaço de espuma encontrado pertenceria a avião chileno que caiu rumo à Antártida

Fuerza Aerea Chilena via EFE - 11.12.2019

A Marinha do Brasil informou que o Navio Polar Almirante Maximiano encontrou nesta quarta-feira (11) destroços compatíveis com os de uma aeronave Hércules C-130, mesmo modelo do avião da Força Aérea Chilena que desapareceu dos radares em rota para a Antártida. Também foram encontrados itens pessoais, ainda sem descrição específica.

A Força Aérea Chilena também confirmou ter encontrado pedaços de espuma boiando 30 quilômetros ao sul do local onde a aeronave teria desaparecido dos radares.

A embarcação brasileira foi enviada na terça-feira para compor os esforços de resgate do avião, que levava 38 pessoas, sendo 17 tripulantes militares e 21 civis que iriam trabalhar na base de pesquisa chilena no continente antártico.

Segundo a nota do Ministério da Defesa, "partes do avião e os objetos estavam a aproximadamente 280 milhas náuticas (518 km) de Ushuaia, na Argentina".

Ainda de acordo com a nota, a embarcação da Marinha do Brasil segue na área de busca trabalhando em ação coordenada com as autoridades chilenas. Duas lanchas do navio recolhem os destroços.