Internacional Navio que travou Canal de Suez levanta âncora após três meses

Navio que travou Canal de Suez levanta âncora após três meses

Após assinar acordo com autoridades egípcias, cargueiro foi liberado e poderá deixar local depois de 100 dias detido

Navio Ever Given finalmente deixa Canal de Suez

Navio Ever Given finalmente deixa Canal de Suez

Amr Abdallah Dalsh/Reuters - 7.7.2021

O navio porta-contêineres Ever Given, que bloqueou o Canal de Suez por seis dias e ficou imobilizado por mais de três meses, deixou o local nesta quarta-feira (7) conforme o esperado, após um acordo de indenização com as autoridades egípcias por parte de seu proprietário japonês.

A gigantesca embarcação, com capacidade para 200 mil toneladas, foi bloqueada por completo, interrompendo a passagem do canal no dia 23 de março, um incidente que afetou seriamente o comércio marítimo mundial e causou prejuízos ao Egito.

A saída do navio foi televisionada. 

Ainda não se sabe qual o valor acertado entre a empresa japonesa, a companhia de seguros e as autoridades egípcias, mas a primeira multa girava em torno de US$ 550 milhões, cerca de R$ 2,8 bilhões.

Durante os 100 dias em que o Ever Given esteve detido no Canal de Suez, ele ficou no Grande Lago Amargo, sem atrapalhar mais o movimento do canal. 

O caso do bloqueio da rota marítima viralizou em março e causou um prejuízo milionário para o transporte marítimo. 

Últimas