Internacional Novo templo da Universal é inaugurado na maior favela do continente africano

Novo templo da Universal é inaugurado na maior favela do continente africano

No mesmo dia, Universal inaugurou poço artesiano feito para oferecer gratuitamente água potável à população

Novo templo da Igreja Universal do Reino de Deus em Quibera, Nairóbi, capital do Quênia

Novo templo da Igreja Universal do Reino de Deus em Quibera, Nairóbi, capital do Quênia

Divulgação/Igreja Universal do Reino de Deus

Nesta quarta-feira (24), a Igreja Universal do Reino de Deus inaugurou seu mais novo templo em Quibera — considerada a maior favela do continente africano e uma das maiores do mundo —, localizado na cidade de Nairóbi, capital do Quênia. A reunião especial foi conduzida pelo Bispo Marcelo Pires, responsável pelo trabalho evangelístico na África do Sul.

Quibera é formada por 15 comunidades e abriga cerca de 1 milhão de pessoas, ou seja, quase um quinto da população de Nairóbi.

A maioria das pessoas que vivem na favela queniana se encontram em situações degradáveis, sem nenhuma infraestrutura e em extrema pobreza. Famílias com dois a oito membros moram em pequenos “barracos”, sem acesso a saneamento básico, eletricidade e água potável.

No novo templo, os moradores de Quibera terão acesso gratuito a 15 pontos (torneiras) para retirarem água potável

No novo templo, os moradores de Quibera terão acesso gratuito a 15 pontos (torneiras) para retirarem água potável

Divulgação/Igreja Universal do Reino de Deus

Juntamente com a inauguração da igreja — que tem capacidade para 400 pessoas —, também foi inaugurado o poço artesiano de 350 m de profundidade, aberto pela Universal no mesmo terreno para auxiliar no abastecimento de água para a população local. Diariamente, os moradores de Quibera terão acesso gratuito a 15 pontos (torneiras) para retirarem água potável.

Além da Igreja e do poço artesiano, a Universal está trabalhando para inaugurar, em breve, uma clínica de saúde, que atenderá gratuitamente a população de Quibera, que também terá acesso a cursos de informática e artesanato, ajudando, assim, os moradores na conquista de uma melhor perspectiva de vida.

No Quênia — país da África Oriental —, a Igreja Universal dispõe de 15 templos, e por meio de seus programas sociais e voluntários, presta assistência aos mais desfavorecidos, com doações de alimentos e peças de roupas, e exames gratuitos como teste de HIV e medição de glicose.

Últimas