Coreia do Norte

Internacional Para Pentágono, Kim Jong-un ainda 'controla totalmente' seu exército

Para Pentágono, Kim Jong-un ainda 'controla totalmente' seu exército

General disse que informações do setor de inteligência não negam nem confirmam informação sobre saúde de líder da Coreia do Norte

Reuters
Kim Jong-un com militares na Coreia do Norte, em foto de novembro de 2019

Kim Jong-un com militares na Coreia do Norte, em foto de novembro de 2019

KCNA via REUTERS/25.011.2019

O segundo general mais graduado dos Estados Unidos disse, nesta quarta-feira (22), que não tem informações de inteligência para "confirmar ou negar" notícias da mídia de que o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, está gravemente doente e acrescentou que assume que Kim ainda está no controle de suas Forças Armadas.

"Na Inteligência, não tenho nada para confirmar ou negar qualquer coisa nesse sentido. Portanto, assumo que Kim Jong Un ainda esteja no controle total das forças nucleares (norte) coreanas e das forças militares coreanas", disse o general John Hyten, da Força Aérea, vice-chairman do Estado-Maior Conjunto.

"Não tenho motivos para não assumir isso."

Trump também não confirmou rumores

Na noite da terça-feira (21), o presidente Donald Trump também havia dito não ter confirmação dos supostos problemas de saúde do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, mas mostrou simpatia por ele e lhe desejou "o melhor".

"Esta é uma informação que foi divulgada e que nós não sabemos. Tenho uma relação muito boa com ele. E só posso dizer isso, lhe desejo o melhor", disse Trump em entrevista coletiva na Casa Branca.

Últimas