Morte Elizabeth 2ª

Internacional Princesa de Gales: os impactos do novo título de Kate Middleton

Princesa de Gales: os impactos do novo título de Kate Middleton

Após morte de Elizabeth 2ª e ascensão de Charles 3° ao trono, posição que era de Diana será ocupada pela duquesa de Cambridge

  • Internacional | Maria Cunha*, do R7

Resumindo a Notícia
  • Reino Unido tem uma nova princesa de Gales: a duquesa de Cambridge, Kate Middleton

  • Última pessoa a possuir título foi a princesa Diana, que morreu em um acidente em 1997

  • Não há funções oficiais estabelecidas sobre o título de princesa de Gales a nível parlamentar

  • Se seguir o exemplo da sogra, é possível que a Kate prossiga os trabalhos sociais de Diana

Kate Middleton recebeu o título de princesa de Gales

Kate Middleton recebeu o título de princesa de Gales

Reprodução Instagram/@princeandprincessofwales

Após 25 anos, o Reino Unido tem uma nova princesa de Gales: a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, de 40 anos. A última pessoa a possuir o título foi a princesa Diana, que morreu em um trágico acidente em 1997 e deixou um legado como herança.

Com a morte da rainha Elizabeth 2ª e a ascensão do agora rei Charles 3° ao trono, porém, os postos de príncipe e princesa de Gales foram passados ao filho e nora do monarca britânico.

De acordo com Igor Lucena, economista e Doutor em Relações Internacionais pela Universidade de Lisboa, Kate Middleton, ao assumir o título, ganha um papel muito mais importante do ponto de vista da representabilidade.

“O príncipe e a princesa de Gales são historicamente, não do ponto de vista de legislação, os sucessores da coroa britânica”, explica Lucena.

Isso ocorre pois, inicialmente, o príncipe e a princesa de Gales eram os sucessores da coroa do reino de Gales. Entretanto, quando houve a união entre o País de Gales, Irlanda do Norte, Inglaterra e Escócia, os títulos passaram a representar os sucessores diretos do trono britânico.

O economista ainda lembra que o intervalo de 25 anos entre a nomeação de uma princesa e outra não é por acaso. A atual esposa de Charles 3º, Camilla Parker, não teve esse título por uma questão de respeito à memória de Diana. A imprensa internacional, inclusive, especula que o relacionamento entre o rei e a rainha consorte iniciou enquanto ele ainda estava casado.

“Como não há nenhuma desavença com Kate Middleton, principalmente porque ela é esposa do filho de Diana, ficou numa situação até positiva, já que ela tem uma aceitação muito grande não só na Coroa, mas dentro da sociedade britânica”, pontuou.

As funções da princesa de Gales

Kate Middleton lançou o Centro da Primeira Infância da Fundação Real

Kate Middleton lançou o Centro da Primeira Infância da Fundação Real

Reprodução Instagram/@princeandprincessofwales

Mas, apesar de Diana ser lembrada como a “princesa do povo” e ter sido uma das principais figuras da monarquia britânica a lutar por causas sociais, Lucena relata que não existem funções constitucionais, legais e oficiais estabelecidas sobre esse título a nível de Parlamento. 

“Não só Kate, como o próprio William, como príncipe e princesa de Gales, devem ser os mais próximos a representar o rei Charles 3º em situações, eventos públicos e principalmente assessorar o rei. Talvez esse seja o ponto mais importante: eles seriam os assessores mais próximos do rei do ponto de vista de decisões de Estado e decisões da própria Coroa." 

Do ponto de vista histórico, Kate Middleton ainda teria um papel secundário, pois é o príncipe de Gales o principal responsável por auxiliar o monarca britânico. No entanto, se seguir o exemplo da falecida sogra, é possível que a duquesa de Cambridge prossiga os trabalhos realizados por Diana.

"Diana sempre será lembrada, mas tenho certeza que ela continuará seu legado", confessa à AFP Keith Lowing, um aposentado de Londres, sobre a nomeação da nova princesa de Gales.

Kate Middleton é engajada com o desenvolvimento das crianças nos primeiros anos de vida e lançou, em julho de 2021, o Centro da Primeira Infância da Fundação Real.

"É uma princesa incrível e mal posso esperar para vê-la como rainha. Acho ela muito elegante, bonita e representa muito bem a monarquia desde o começo", afirma a advogada de 40 anos, Selma White. "Amo a Diana, mas também amo a Kate", acrescenta.

Uma fonte do palácio informou à imprensa que a nova princesa de Gales "apreciava a história ligada a este papel", mas que ela traçaria "seu próprio caminho".

*Estagiária do R7, sob supervisão de Celso Fonseca

O que acontecerá com cães corgi de Elizabeth 2ª após morte da rainha

Reprodução Instagram/@princeandprincessofwales
Últimas