Internacional Professora e quatro alunos são mortos em escola de Camarões

Professora e quatro alunos são mortos em escola de Camarões

Imprensa camaronesa afirmou que atiradores que invadiram colégio ainda não foram identificados pelas autoridades locais

AFP
Suspeitos usaram explosivos para destruir sala de aula em Camarões

Suspeitos usaram explosivos para destruir sala de aula em Camarões

Reprodução Twitter/CRTV

Quatro estudantes e uma professora morreram nesta quarta-feira (24) em um ataque contra uma escola de ensino médio no sudoeste de Camarões, uma das duas regiões em que se fala inglês e onde ocorre um conflito sangrento entre o Exército e separatistas.

O instituto de ensino médio bilíngue de Ekondo Titi foi "palco de ataques assassinos cometidos por indivíduos não identificados", informou o canal de televisão pública CRTV.

"Três estudantes foram assassinados a tiros. Uma professora ferida morreu a caminho do hospital", confirmou à AFP Roger Kaffo Foku, secretário-geral do Snaes (sindicato nacional autônomo de educação secundária). Posteriormente, a morte de um quarto aluno foi confirmada.

"Este drama também deixou vários feridos que estão sendo tratados em hospitais" da cidade, acrescentou a CRTV. "As forças de defesa e segurança realizam atualmente a busca dos atacantes."

"Indivíduos armados chegaram ao instituto. Abriram fogo e lançaram explosivos nas salas de aula", afirmou, sob condição de manter o anonimato, o responsável de uma ONG da região contatada pela AFP.

Nas duas regiões do sudoeste e no noroeste, onde vive a maior parte da minoria que fala inglês em um país de fala majoritariamente francesa, grupos separatistas e forças de segurança se enfrentam desde 2017 em um conflito mortal.

Últimas