Internacional Rússia combate 124 incêndios florestais na Sibéria

Rússia combate 124 incêndios florestais na Sibéria

De acordo com a agência TASS, os bombeiros são desdobrados para combater focos ativos somente quando as chamas ameaçam áreas habitadas

Os focos de incêndio estão em regiões afastadas

Os focos de incêndio estão em regiões afastadas

Ilya Naymushin/Reuters - 21.4.2011

Os serviços de emergência da Rússia trabalham nesta quinta-feira (25) para extinguir 24 incêndios florestais que já arrasaram cerca de dois milhões de hectares na região da Sibéria.

Os incêndios se propagaram ao longo das regiões siberianas de Krasnoyarsk, Iacútia, Irkutsk e na Península de Yamal, e a fumaça se estendeu ao longo de seis fusos horários da Rússia.

O Ministério de Emergências disse em comunicado que na região de Krasnoyarsk os incêndios estão "sob controle dos funcionários dos serviços de emergência".

Além disso, o ministério informou que, se for necessário, serão utilizados hidroaviões para conter o fogo.

As autoridades mobilizaram centenas de bombeiros nas regiões afetadas, mas a luta contra os incêndios foi mínima, segundo a imprensa local, visto que as áreas são de difícil acesso e o custo para combatê-los seria maior do que o dano potencial que podem causar a curto prazo, segundo o portal digital "Meduza".

De acordo com a agência "TASS", os bombeiros são desdobrados para combater focos ativos somente quando as chamas ameaçam áreas habitadas ou sistemas de infraestruturas.

Últimas