Internacional Rússia envia ao Cazaquistão 75 aviões e equipamentos militares

Rússia envia ao Cazaquistão 75 aviões e equipamentos militares

País enfrenta grandes protestos populares após o governo autorizar um aumento no preço do gás

Agência EFE
Rússia enviou 75 aviões com tropas para o Cazaquistão

Rússia enviou 75 aviões com tropas para o Cazaquistão

EFE/ Assessoria de imprensa do Ministério da Defesa da Rússia

O Ministério da Defesa da Rússia enviou mais de 75 aviões de transporte militar com unidades russas do chamado "contingente de paz" da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), uma aliança militar de seis ex-repúblicas soviéticas.

O presidente do Cazaquistão, Kassim-Jomart Tokayev, apelou na quarta-feira (5) à OTSC para que ajudasse na contenção dos grandes protestos que vêm sacudindo o país desde o último dia 2, após o anúncio de um aumento no preço do gás.

"O grupo aéreo composto de mais de 70 aeronaves Il-76 e cinco An-124 [...] transportou a parte russa do contingente de paz da OTSC para o Cazaquistão", disse o porta-voz da pasta, general Igor Konashenkov, em comunicado divulgado nesta sexta-feira (7).

Segundo o ministro, nove dessas aeronaves Il-76 pousaram no aeroporto da cidade de Almaty, que ficou ocupado durante várias horas por manifestantes no último dia 5 e não está recebendo voos civis.

De acordo com o porta-voz, os aviões da Força Aérea russa também transportaram unidades dos outros membros da OTSC: Belarus, Tadjiquistão, Quirguízia e Armênia.

A missão internacional no Cazaquistão será chefiada pelo comandante das Tropas Aerotransportadas russas, coronel-general Andrei Serdiukov, ainda de acordo com o porta-voz do Ministério da Defesa.

Konashenkov disse que os militares russos que chegaram ao Cazaquistão "assumiram imediatamente suas missões".

"Neste momento, o aeroporto de Almaty está totalmente sob o controle das nossas forças e da polícia do Cazaquistão", afirmou, além de ressaltar que militares russos estão também fazendo a segurança do consulado da Rússia em Almaty e de outras instalações importantes.

Últimas