Internacional Rússia faz novo teste bem-sucedido de míssil hipersônico Zircon

Rússia faz novo teste bem-sucedido de míssil hipersônico Zircon

Projétil é uma das últimas incorporações ao arsenal do país e foi descrito como "invencível" pelo presidente Vladimir Putin

AFP

A Rússia declarou, nesta quinta-feira (18), que fez outro teste bem-sucedido de seu míssil de cruzeiro hipersônico Zircon, uma das últimas incorporações a seu arsenal e descrito como "invencível" pelo presidente Vladimir Putin.

Nos últimos anos, Moscou tem promovido o desenvolvimento de armas que garantam ao país vantagem em qualquer corrida armamentista com os Estados Unidos, em um momento de crescentes tensões com o Ocidente.

Os mísseis hipersônicos podem viajar a uma velocidade cinco vezes maior do que a do som e, por serem "de cruzeiro", também têm a capacidade de manobrar em pleno voo. Essa característica dificulta ainda mais sua interceptação.

O presidente russo Vladimir Putin participa de uma cúpula online de líderes da APEC

O presidente russo Vladimir Putin participa de uma cúpula online de líderes da APEC

Mikhail Metzel/AFP - 12.11.2021

Hoje, o Exército anunciou o lançamento do míssil Zircon do navio "Almirante Gorshkov" e que o dispositivo atingiu um alvo de teste nas águas do Ártico russo. 

"O tiro foi disparado contra um alvo marítimo nas águas do Mar Branco", informou o Ministério russo da Defesa, em um comunicado às agências de notícias, acrescentando que o míssil eliminou seu alvo com um "impacto direto".

O Zircon já havia sido submetido a vários testes nos últimos anos, incluindo um outro lançamento do "Almirante Gorshkov" e de um submarino submerso. 

Em 2018, Putin aproveitou seu discurso sobre o Estado da Nação para revelar novas armas hipersônicas, incluindo o Zircon. Segundo o presidente russo, este míssil pode atingir alvos no mar e em terra situados a 1.000 quilômetros de distância. 

O Zircon se juntará aos veículos planadores hipersônicos Avangard - que entraram em serviço em 2019 - e aos mísseis lançados do ar Kinzhal, que fazem parte do arsenal russo.

Últimas