Internacional Rússia: incêndios florestais devastam 4 milhões de hectares

Rússia: incêndios florestais devastam 4 milhões de hectares

País tem 257 focos ativos, sendo que a maioria está concentrada na República de Sakha, no extremo oeste do território russo

Agência EFE
Agência federal de vigilância de florestas da Rússia registra 4 milhões de hectares destruídas pelo fogo

Agência federal de vigilância de florestas da Rússia registra 4 milhões de hectares destruídas pelo fogo

EFE/EPA/MINISTRY OF NATURE PROTECTION OF YAKUTIA

Os incêndios em vegetação que afetam a Rússia já devastaram mais de 4 milhões de hectares, conforme divulgou nesta terça-feira (11) a agência federal de vigilância de florestas do país.

A maioria dos focos ativos, 172 de 257, estão concentrados na República de Sakha, no extremo oeste do território russo. Trata-se da maior unidade da federação, com superfície de pouco mais de 3 milhões de metros quadrados.

De acordo com a agência federal de vigilância de florestas, em Sakha, o fogo já consumiu 3,9 milhões de hectares, e em apenas 1,44 milhão existe trabalho em andamento para a extinção das chamas.

De acordo com as leis russas, é possível suspender as atividades de contenção de incêndios nas áreas remotas ou de difícil acesso, caso não representem perigo para moradores e infraestruturas econômicas, e quando o custo de extinção do fogo supere os danos que possam causar.

Devido a redução de visibilidade provocada pela fumaça causada pelas chamas, nesta quarta-feira, 27 voo que tinham o Aeroporto Internacional Yemelyanov, localizado na região de Krasnoyarsk, como origem ou destino, foram adiados, segundo informou a agência de notícias "Interfax".

De acordo com a agência federal de vigilância, ao longo de 2021, a Rússia registrou 11.878 incêndios florestais, que devastaram 8.336.302, quantidade que não inclui os focos ativos.

Últimas