Internacional Sindicato decreta greve de 48 horas na Lufthansa

Sindicato decreta greve de 48 horas na Lufthansa

Todos os voos saídos de aeroportos alemães serão paralisados na quinta-feira (7) e sexta-feira (8). Funcionários pedem por melhores condições de trabalho

  • Internacional | Do R7

Sindicato anuncia greve de 48 horas na Alemanha

Sindicato anuncia greve de 48 horas na Alemanha

Divulgação/Lufthansa

O sindicato UFO, dos funcionários de cabines da companhia aérea alemã Lufthansa, anunciou uma greve de 48 horas na quinta-feira (7) e sexta-feira (8). Os trabalhadores exigem melhores condições de trabalho e aumento de salário.

A paralisação “afetará todos os voos” da companhia que saírem dos aeroportos na Alemanha. No Brasil, o impacto começará a ser sentido na quarta-feira (6) a partir das 20h.

“Isso afetará todos os voos da Lufthansa marcados para sair de aeroportos na Alemanha”, anunciou o vice-presidente do sindicato Daniel Flohr. Ele culpou as recusas da companhia aérea de negociar com a UFO.

As afiliadas da Lufthansa, Eurowings e SunExpress, também podem ser afetadas pela greve.

O sindicato fez exigências salariais para todos os cinco negócios de aviação da Lufthansa cobertos pela legislação alemã. A maioria dos membros do sindicato votaram na semana passada por uma greve por tempo indeterminado contra a empresa.

A Lufthansa condenou a greve e não reconhece o sindicato como tendo autorização para representar os funcionários e se recusa a negociar com o UFO há meses.

Últimas