Guerra Israel x Hamas

Internacional Sobe para três o número de israelenses mortos em atentado terrorista em Jerusalém

Sobe para três o número de israelenses mortos em atentado terrorista em Jerusalém

Rabino de 73 anos e duas mulheres, de 24 e 67, foram mortos a tiros por dois integrantes do Hamas que abriram fogo em um ponto de ônibus

  • Internacional | Do R7, com EFE

Vítimas estavam em um ponto de ônibus em Jerusalém Oriental

Vítimas estavam em um ponto de ônibus em Jerusalém Oriental

Menahem KAHANA/AFP - 30.11.2023

Três pessoas foram assassinadas a tiros por terroristas do Hamas na cidade de Jerusalém na manhã desta quinta-feira (30). Outras 16 ficaram feridas, segundo a polícia israelense.

Entre as vítimas estão um rabino de 73 anos e duas mulheres, de 24 e 67, informa o jornal Yedioth Ahronoth. A polícia acrescenta que três feridos foram socorridos em estado grave.

Os autores dos crimes estavam em um carro e pararam próximo a um ponto de ônibus no bairro palestino de Tzur Bahar, em Jerusalém Oriental, por volta das 7h30 (2h30 no horário de Brasília). Eles abriram fogo contra as pessoas que estavam no local.

Dois soldados e um civil reagiram e mataram os terroristas, que portavam uma pistola e um rifle M-16. Um dos militares foi ferido na mão.

Os agentes revistaram o carro no qual a dupla chegou ao local do atentado e encontraram munições e armamento.

A Shin Bet, agência de segurança interna de Israel, afirmou que os autores do crime, os irmãos Murad Namr, de 38 anos, e Ibrahim Namr, 30, viviam no mesmo bairro e eram membros do grupo terrorista Hamas.

Murad ficou preso de 2010 a 2020 por “planejar ataques terroristas sob a direção de elementos terroristas na Faixa de Gaza”, conforme relatado pelo Shin Bet. Já Ibrahim foi preso em 2014 por “atividade terrorista não revelada”.

Posteriormente, a organização terrorista reivindicou a autoria do atentado. 

Últimas