Internacional Trump sugere que FBI pode ter 'plantado' evidências durante busca em sua casa

Trump sugere que FBI pode ter 'plantado' evidências durante busca em sua casa

Polícia federal dos EUA entrou na residência do bilionário e não permitiu que ninguém se aproximasse das áreas revistadas

AFP

Resumindo a Notícia

  • Inspeção do FBI na casa de Trump provocou onda de indignação entre os conservadores
  • Nem o Departamento da Justiça nem o FBI esclareceram a que a operação estava relacionada
  • Ex-presidente afirma ser vítima de uma caça às bruxas e de uma "perseguição política"
  • Trump insinua cada vez mais que tentará uma nova candidatura à Casa Branca em 2024
Donald Trump sugeriu que o FBI pode ter "plantado" evidências contra ele

Donald Trump sugeriu que o FBI pode ter "plantado" evidências contra ele

Stringer/AFP - 10.08.2022

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump sugeriu nesta quarta-feira (10), em sua rede social, que o FBI (polícia federal americana) pode ter "plantado" evidências contra ele durante a operação de busca em seu complexo residencial no estado da Flórida, no início desta semana.

"O FBI e os outros agentes do governo federal não permitiram que ninguém, nem mesmo meus advogados, se aproximasse das áreas que foram revistadas e examinadas durante a busca em Mar-a-Lago", protestou o republicano em sua plataforma Truth Social.

"Pediram a todos que saíssem do local, queriam ficar sozinhos, sem testemunhas para ver o que faziam, pegavam ou, o que espero que não tenha acontecido, 'plantavam'", afirmou, sem fundamentar suas declarações.

"Por que insistiram tão fortemente para que ninguém os observasse e tiraram todos de lá?", indagou Trump.

Na noite da segunda-feira (8), o FBI entrou na casa do bilionário na Flórida, provocando uma onda de indignação entre os conservadores.

Nem o Departamento da Justiça nem o FBI esclareceram se a operação da polícia federal esteve relacionada à busca das diversas caixas de documentos que Trump levou quando abandonou a Casa Branca, em janeiro de 2021, à investigação sobre sua responsabilidade no ataque ao Capitólio ou às suspeitas de fraude financeira das quais a Organização Trump é alvo em Nova York.

O ex-presidente, que se declara inocente em cada um desses casos e insinua cada vez mais abertamente que tentará uma nova candidatura à Casa Branca em 2024, afirma ser vítima de uma caça às bruxas e de uma "perseguição política".

Últimas