Internacional Uganda: atentados suicidas deixam ao menos três mortos e 33 feridos

Uganda: atentados suicidas deixam ao menos três mortos e 33 feridos

Ataque ocorreu em Kampala, capital do país; cinco pessoas estão em estado crítico

AFP
Equipe médica prepara uma maca para receber vítima de explosão em Kampala

Equipe médica prepara uma maca para receber vítima de explosão em Kampala

Summy Sadruni/AFP - 16.11.2021

Três pessoas foram mortas e 33 ficaram feridas devido a dois atentados suicidas nesta terça-feira (16) em Kampala, capital de Uganda, informou a polícia local.

"Até agora, 33 pessoas estão feridas e cinco estão em estado crítico", disse o porta-voz da polícia Fred Enanga em uma coletiva de imprensa, acrescentando que três pessoas foram mortas nos ataques realizados por kamikazes.

Ambas as ações foram classificadas pela polícia como "atentado", em dois novos episódios de uma série de ataques que atingiram o país recentemente.

"Podemos dizer que se trata de um ataque, e o que está sendo investigado é quem está por trás dessa ação", disse à AFP o vice-inspetor-geral da polícia, Edward Ochom.

"As explosões ocorreram perto da sede da polícia e perto da entrada do Parlamento, ambas no distrito de negócios", acrescentou.

A detonação perto da sede da polícia destruiu janelas, e a outra, perto do Parlamento, incendiou veículos estacionados na área, relatou o inspetor-geral.

"Implantamos uma equipe" no setor, disse à AFP a porta-voz da Cruz Vermelha de Uganda Irene Nakasiita.

Últimas