Vladimir Putin convida Lula a visitar a Rússia

Mensagem foi entregue pela presidente do Senado russo, Valentina Matviyenko, que participa da cerimônia de posse em Brasília

Agência EFE

Resumindo a Notícia

  • Presidente do Senado da Rússia informou a Lula que Putin o convidou para ir a Moscou
  • Valentina Matviyenko e Lula se reuniram em Brasília por cerca de uma hora
  • Matviyenko está no Brasil para a cerimônia de posse de Lula
Lula e Vladimir Putin durante encontro em 2010

Lula e Vladimir Putin durante encontro em 2010

Ria Novosti/Pool/Alexei Druzhinin via Reuters - 14.5.2010

A presidente do Senado da Rússia, Valentina Matviyenko, informou neste domingo (1º) que entregou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma mensagem do mandatário russo Vladimir Putin, na qual o convidou a visitar Moscou.

"Entreguei uma mensagem do presidente da Rússia ao respeitável presidente do Brasil e confirmei que o esperamos em Moscou assim que seu plano de trabalho permitir", disse a chefe do Legislativo russo, que participou hoje da cerimônia de posse de Lula em Brasília, citada pela agência russa TASS.

Segundo a senadora, a participação da delegação russa na posse de Lula é uma demonstração de respeito e um sinal de que a Rússia tem interesse em "continuar desenvolvendo ativamente as relações" com o Brasil.

“Apesar de sua pesada carga de trabalho, o presidente encontrou tempo para se encontrar conosco. Esperava-se que fosse uma reunião protocolar, mas na verdade conversamos por quase uma hora. Foi uma conversa muito produtiva e interessante”, contou Matviyenko.

A presidente do Senado russo abordou com Lula todo o conjunto das relações bilaterais entre os dois Estados.

"Devemos destacar de forma especial que lembramos o tempo em que o presidente do Brasil era o agora reeleito Lula, em que se formaram relações estreitas e construtivas entre nossos países, que atingiram o patamar de associação estratégica", declarou.

Matviyenko lembrou que Lula participou da criação do grupo de países BRICS, uma "organização integracionista de reconhecido prestígio à qual muitos países aspiram aderir".

"O presidente reeleito confirmou a disposição e o interesse em relançar as relações russo-brasileiras do ponto de vista do incremento da cooperação econômico-comercial, científica, técnica, defesa do meio ambiente e outros âmbitos", acrescentou.

Últimas