tragédia brumadinho

Minas Gerais Acesso a Brumadinho poderá ser feito por estrada da Vale

Acesso a Brumadinho poderá ser feito por estrada da Vale

Via que passa por dentro da mineradora servirá para reduzir a distância dos desvios criados desde o rompimento da barragem de Córrego do Feijão

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Rodovia de acesso à cidade foi levada pela lama

Rodovia de acesso à cidade foi levada pela lama

Gazeta Digital

Uma estrada de acesso a Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que passa por dentro da propriedade da mineradora Vale, será liberada para uso da população a partir desta quinta-feira (14).

A expectativa é reduzir o tempo que moradores da zona rural da cidade gastam para chegar ao Centro. Desde o rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, as principais rodovias da região foram fechadas e a população tem sido obrigada a usar desvios que aumentam a viagem.

A medida foi tomada a partir de uma negociação da Defesa Civil de Minas Gerais com a mineradora. Na manhã desta quarta-feira (13), comerciantes manifestaram no local pedindo a liberação de uso da estrada privada. Até então, apenas veículos da companhia e de transporte público estavam autorizados a passar pelo caminho.

Em Minas, 1,7 milhão de pessoas vivem sob ameaça de barragens

A Defesa Civil informou que os manifestantes também pediam disponibilização de ônibus escolar para estudantes das comunidades de Palhano, Piedade, Retiro do Chalé e Suzana, aumento dos coletivos fornecidos pela empresa, acesso à distribuidora de leite e a disponibilização de ambulância para a comunidade de Piedade de Paraopeba.

De acordo com o tenente-coronel Flávio Godinho, coordenador da Defesa Civil, a Vale se comprometeu a cumprir as demandas em até 48 horas. A reportagem aguarda posicionamento da empresa sobre o assunto. 

A estrada que passa dentro da companhia estará aberta para uso geral a partir das 8h, desta quinta-feira (14).

Veja o antes e depois da área atingida pela lama:

R7

Últimas