Minas Gerais Após recorde de frio, busca por abrigos públicos em BH sobe 23%

Após recorde de frio, busca por abrigos públicos em BH sobe 23%

Plano de contingência da prefeitura para atender moradores de rua conta com distribuição de cobertores e acolhimento

  • Minas Gerais | do R7, com Regiane Moreira, da Record TV Minas

BH possui cerca de 9 mil moradores de rua

BH possui cerca de 9 mil moradores de rua

Reprodução / Record TV Minas

Após Belo Horizonte bater o recorde de frio do ano na última sexta-feira (30), a procura por abrigos municipais para moradores de rua da capital aumentou aproximadamente 23%.

Segundo a prefeitura, neste fim de semana, a médiaa de ocupação dos abrigos públicos chegou a 80%. Geralmente, o índice fica entre 65% e 70%.

Ao todo, são 600 vagas diárias nas casas de passagem com acolhimento, higienização e alimentação. A população em situação de rua em BH chega a cerca de 9.000 pessoas.

Plano de contingência

A Secretaria Municipal de Assistência Social montou um plano de contingência para atender  pessoas em situação de rua com doação de cobertores e encaminhamento para as unidades de acolhimento.

A população que quiser indicar pessoas necessitadas de atendimento podem acionar a prefeitura pelo telefone 153.

"Assim que recebem as notificações, nas quais os cidadãos informam o endereço de pessoas que estão em situação de rua, as equipes se deslocam para atendimento. A orientação principal é o encaminhamento para os abrigos no município, mas no caso de recusa, as equipes ofertam cobertores e lençóis", detalhou a Secretaria de Assistência Social.

Veja também: Voluntários ajudam moradores de rua durante o inverno em BH

Um levantamento da prefeitura apontam que foram entregues mais de 500 cobertures para estas pessoas desde o início da atual temporada de inverno.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas