Minas Gerais Bar com 400 pessoas é interditado, reabre e dono é preso em BH

Bar com 400 pessoas é interditado, reabre e dono é preso em BH

Espaço funcionava após o horário permitido e foi fechado pela Guarda às 0h45, mas voltou a abrir horas depois; dono foi preso e multado em R$ 17 mil

Bar é fechado por aglomeração e dono é preso em BH

Bar é fechado por aglomeração e dono é preso em BH

Reprodução / Google Street View

Um bar no bairro Castelo, em Belo Horizonte, foi interditado pela segunda vez em menos de um mês por descumprir as medidas de combate à covid-19. Desta vez, o local tinha cerca de 400 pessoas aglomeradas e som alto.

De acordo com a Polícia Militar, moradores da região entraram em contato denunciando som alto e a grande quantidade de pessoas reunidas no local. Uma equipe da Guarda Municipal foi ao local por volta de 0h45 desta sexta-feira (18) e determinou o fechamento do local, que só poderia funcionar até às 22h, conforme determinação da própria prefeitura.

Veja: Após confusão, bar que causou aglomeração em BH perde alvará

Inicialmente, a medida foi respeitada pelo dono do estabelecimento. Porém, por volta das 2h30, os moradores da região entraram em contato novamente, alegando que o bar teria sido reaberto. A equipe voltou ao local e encontrou o espaço cheio novamente, com várias pessoas sem máscara e sem praticar o distanciamento social.

A Guarda decidiu interditar o local pela segunda vez em menos de um mês e encaminhou o dono do bar para a delegacia. O proprietário foi multado em cerca de R$ 17 mil por descumprimento de interdição e poderá ser processado por crime de desobediência civil, com pena entre 15 dias e 6 meses de detenção.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas