Minas Gerais BH antecipa só em até 7 dias a aplicação da 2ª dose da vacina

BH antecipa só em até 7 dias a aplicação da 2ª dose da vacina

Mesmo com convocação da prefeitura, morador deve se basear na data indicada no cartão para saber quando será atendido

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Erro em comunicação da prefeitura causou procura confusão entre moradores

Erro em comunicação da prefeitura causou procura confusão entre moradores

Sander Koning/EFE/EPA - 25.06.2021

Mesmo que faça parte de grupo convocado para receber a segunda dose antecipada da vacina contra a covid-19 em Belo Horizonte, o morador se orientar pelo cartão de imunização para saber se terá direito ao atendimento adiantado.

Isso ocorre uma vez que a capital mineira determinou que a antecipação máxima é de sete dias em relação à data prevista no documento.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a medida também vale para as pessoas que receberam a primeira dose atrasadas. Assim, a antecipação do reforço para estes moradores só poderá ocorrer em até uma semana em relação à data marcada no cartão de vacina.

"A orientação é que todos consultem o cartão antes de comparecer a um ponto de vacinação, já que só poderão antecipar a segunda dose as pessoas do grupo convocado cuja data marcada no cartão para completar o esquema vacinal seja menor ou igual a 7 dias", ressaltou a pasta.

A mudança na orientação da prefeitura causou confusão no processo de vacinação nesta segunda-feira (2). A convocação feita pelo município para atendimento das gestantes sem comorbidade não indicava a restrição e as mulheres que fazem parte do grupo procuraram os postos de atendimento.

Como a maior parte delas recebeu a primeira dose a partir do dia 17 de junho, elas não foram atendidas. Segundo o critério estabelecido, o grupo só completará o esquema vacinal no início de setembro.

Últimas