Minas Gerais BH confirma quase 1.000 novos casos da covid e outra alta de UTIs

BH confirma quase 1.000 novos casos da covid e outra alta de UTIs

Dois dos três principais indicadores da pandemia em Belo Horizonte estão em fase de alerta; capital contabiliza 1.698 mortes e 56.106 casos confirmados

BH soma 1.698 mortes e 56.106 casos da covid-19

BH soma 1.698 mortes e 56.106 casos da covid-19

Reprodução / Freepik

Belo Horizonte confirmou 936 novos casos da covid-19 entre sexta (4) e segunda (7). Apesar do número alto, ele ainda fica abaixo do recorde da capital mineira, que é de 1.553 casos em 24 horas.

A capital mineira já contabiliza 56.106 testes positivos e 1.698 óbitos pelo novo coronavírus, sendo 13 deles confirmados desde o boletim de sexta. Outras 52.024 pessoas já se curaram da covid-19, enquanto 2.384 pacientes permanecem em acompanhamento.

Índices de monitoramento

Dois dos principais índices de monitoramento da pandemia em Belo Horizonte estão na fase de alerta. A taxa de transmissão por infectado (ou Rt) está em 1,09, o que indica que a pandemia está em aceleração na cidade. A ocupação dos leitos de terapia intensiva também teve alta e está em 54,5%, enquanto a ocupação dos leitos comuns permaneceu estável, em 47,9%.

Veja: Atendimentos do SAMU por covid sobem pela 4ª semana seguida

Atualmente, 350 dos 642 leitos de terapia intensiva estão ocupados. As enfermarias estão em uma situação um pouco melhor, já que 825 quartos comuns estão disponíveis para possíveis infectados pela covid.

Profissionais de saúde

Belo Horizonte já testou 9.350 profissionais de saúde da rede pública e privada. Destes, 1.433 tiveram o diagnóstico positivo para o vírus, enquanto 7.689 tiveram o resultado negativo. Outros 228 casos continuam em investigação.

As categorias profissionais com mais infectados são os técnicos de enfermagem e os agentes comunitários, que somam, respectivamente, 250 e 111 casos confirmados.

 *Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas