Minas Gerais BH: engenheiro que esfaqueou a ex na frente dos filhos dela é indiciado

BH: engenheiro que esfaqueou a ex na frente dos filhos dela é indiciado

Bruno da Costa Val Fonseca, de 33 anos, golpeou a ex-companheira com 15 facadas; Verônica Suriani sobreviveu ao ataque 

  • Minas Gerais | Núbia Roberto, da Record TV Minas, e Maria Luiza Reis*, Do R7

Defesa alega que indiciado tem problemas mentais

Defesa alega que indiciado tem problemas mentais

Reprodução/Record TV Minas

Bruno da Costa Val Fonseca, de 33 anos, foi indiciado por tentativa de feminicídio pela Polícia Civil de Minas Gerais, nesta quarta-feira (22). O engenheiro golpeou com facadas Verônica Cristina Souza Suriani, ex-companheira dele, no dia 24 de maio, no bairro Gutierrez, na região oeste de Belo Horizonte. 

O laudo pericial concluído pelo órgão apontou 19 lesões no corpo da vítima. Os filhos dela, de 7 e 10 anos, assistiram ao momento em que o homem esfaqueava a mãe. Imagens de câmera de segurança registraram o ataque e a hora em que a babá das crianças empurrou o agressor para que a vítima conseguisse fugir. O homem foi preso em flagrante e teve sua prisão convertida em preventiva. 

A vítima presta serviços para um banco de Belo Horizonte e havia conseguido um emprego no local para o companheiro. Segundo a Polícia Civil, ele enviou uma foto de Verônica nua no grupo de WhatsApp da empresa. Depois disso, foi emitida uma ordem de restrição para que Bruno não adentrasse mais na empresa. Ao saber da ordem, ele se dirigiu à casa da vítima para esfaqueá-la. 

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Larissa Mascotte, o homem estava determinado a matar a ex-companheira. "Na manhã do crime, após receber a notícia de que estava com uma ordem de restrição, ele se dirigiu imediatamente à residência da vítima, buscando vingança. Ele não sairia de lá sem matar a mulher, se não fosse a ação corajosa da babá", informou a delegada.

Segundo as investigações, o indiciado agiu sozinho, não houve a participação de outras pessoas no crime. Se condenado, ele poderá ter uma pena de até 20 anos.

Entenda o caso 

Verônica Cristina Souza Suriani, de 40 anos, foi atingida por 15 golpes de faca desferidos por Bruno da Costa Val Fonseca, ex-companheiro dela, no último dia 24 de maio. O casal se separou em 2021 após o homem ter agredido a vítima. Eles tiveram um relacionamento de três anos. Desde então, ela estaria recebendo ameaças e registrou ao menos oito boletins de ocorrência. 

No fim de semana em que atacou a vítima, o ex-companheiro já tinha invadido o prédio de Verônica, que estava com os filhos, e quebrado a televisão dela. Depois do ocorrido, a mulher procurou abrigo e se hospedou na casa da babá dos filhos, no bairro Gutierrez, onde sofreu a tentativa de feminicídio.

* Estagiária sob supervisão de Ana Gomes

Últimas