tragédia brumadinho

Minas Gerais Bombeiros acham corpo a 5 metros de profundidade em Brumadinho

Bombeiros acham corpo a 5 metros de profundidade em Brumadinho

Segundo a corporação, vítima foi encontrada em local que fica logo abaixo da área administrativa da Vale e foi encaminhada ao IML em BH

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Corpo foi encontrado a 5 metros de profundidade, em meio à lama

Corpo foi encontrado a 5 metros de profundidade, em meio à lama

Reprodução/Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou nesta sexta-feira (5) ter encontrado mais um corpo em meio à lama na área em que a barragem 1 da Mina Córrego do Feijão se rompeu, em janeiro deste ano. 

O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), da Polícia Civil, que vai começar os trabalhos para identificar a vítima. Conforme informações dos bombeiros que atuaram no resgate, o corpo estava incompleto e com parte da arcada dentária. Segundo os militares não é possível identificar o sexo ou idade aparente. 

Ele foi encontrado a aproximadamente 5 metros de profundidade em uma área denominada Remanso 2, que fica logo abaixo ao local onde funcionava a área administrativa da Vale.  

De acordo com a Polícia Civil, as equipes estão de prontidão no IML aguardando a chegada do corpo. O Instituto de Criminalística esteve no local onde a vítima foi encontrada para fazer a liberação do corpo para remoção. 

"Como tem acontecido desde o rompimento da barragem, as equipes trabalharão intensamente para que, assim como ontem, a vítima seja indentificada o mais rápido possível", diz a Polícia Civil em nota.

Nesta quinta-feira (4), a corporação identificou o corpo de Carlos Roberto Pereira, após análise da arcada dentária. Até o momento, 247 vítimas foram confirmadas e identificadas pela Polícia Civil. Outras 23 estão desaparecidas. Esse número deve cair para 22 assim que a corporação divulgar a identidade da vítima. 

Últimas