Minas Gerais BR-381 em MG será fechada para reconstituição de queda de ônibus

BR-381 em MG será fechada para reconstituição de queda de ônibus

Trecho na altura da Ponte Torta, em João Monlevade, deve ficar interditado por aproximadamente duas horas, na manhã desta quarta-feira (9)

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Motorista disse que ônibus ficou sem freios

Motorista disse que ônibus ficou sem freios

Reprodução / Record TV Minas

A Polícia Civil vai realizar, nesta quarta-feira (9), uma reconstituição do acidente com o ônibus que caiu de uma ponte na BR-381, em João Monlevade, a 155 km de Belo Horizonte, na última semana.

Segundo a corporação, o "trabalho visa esclarecer pontos importantes para a investigação, aliado aos demais procedimentos, como laudos da perícia técnica e depoimentos".

Além dos peritos, a ação vai ser acompanhada pelos órgãos de trânsito e pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Em nota, os agentes pediram para os motoristas evitarem o trecho e buscarem rotas alternativas, já que a rodovia deve ficar totalmente interditada por aproximadamente duas horas, na altura do KM 350.

De acordo com a Polícia Civil, a previsão é que o trabalho de reconstituição seja iniciado por volta das 10h.

Depoimentos

O delegado responsável pelo caso ouviu mais quatro pessoas, nesta terça-feira (8). Os depoimentos foram colhidos em um hospital da cidade, onde as vítimas estão internadas.

Segundo a Polícia Civil, 14 pessoas já prestaram depoimento oficialmente. Entre elas estão vítimas, testemunhas, o motorista que sobreviveu e uma representante da empresa de turismo dona do veículo, que estava irregular. A polícia também já ouviu outras sete pessoas não oficialmente no decorrer das investigações.

Leia também: Corpos de vítimas de acidente em MG são levados para Alagoas

O acidente aconteceu na última sexta-feira (4). Dezenove pessoas morreram, entre elas um dos dois motoristas do veículo que transportava 48 pessoas. O acidente aconteceu enquanto o ônibus passava pela Ponte Torta.

Um motorista sobrevivente, que dirigia no momento, disse aos passageiros que o coletivo teria ficado sem freios. O veículo perdeu velocidade e voltou de ré na rodovia, batendo na mureta de proteção e caindo de uma altura de aproximadamente 30 metros. O veículo ia de Alagoas para São Paulo.

Últimas