Minas Gerais Chuva em Brumadinho não afetou barragem, afirma bombeiro

Chuva em Brumadinho não afetou barragem, afirma bombeiro

Cidade foi atingida por um temporal durante a tarde desta quarta-feira (30); casas ficaram destelhadas e árvores foram arrancadas

Nível de água em barragem é monitorado diariamente

Nível de água em barragem é monitorado diariamente

Washington Alves/Reuters

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou, na noite desta quarta-feira (30), que o temporal que atingiu Brumadinho durante a tarde não afetou a estrutura da barragem 6 do complexo Mina do Feijão.

No início da semana, parte da cidade precisou ser evacuada devido ao risco de estouro da estrutura, que fica ao lado da barragem rompida na última sexta-feira (25). Segundo o tenente Pedro Aihara, do porta-voz da corporação, o nível de água no local é monitorado todos os dias.

— A chuva não afetou significativamente o nível de água da barragem, que era uma preocupação nossa. Continuamos com uma situação garantida de segurança.

Defesa Civil confirma 99 mortos em barragem de Brumadinho

Ainda de acordo com o militar, a chuva tende a deixar a lama de rejeitos mais mole. Assim, por enquanto, não será possível utilizar maquinário pesado na procura pelos desaparecidos.

— A lama é um dos terrenos mais difíceis de se trabalhar. Aqui, nós temos um material flexível, maleável e a possiblidade de usar maquinário pesado nela é muito restrita.

O trabalho de buscas foi interrompido por cerca de 30 minutos durante esta tarde devido à chuva que caiu sobre a cidade. Segundo as equipes e resgate, ao menos duas casas ficaram destelhadas. Árvores caíram na zona rural e pessoas ficaram ilhadas.

Veja os estragos da chuva: