Minas Gerais Chuva em MG deixa dois mortos e 215 desabrigados, diz governo

Chuva em MG deixa dois mortos e 215 desabrigados, diz governo

Segundo a Defesa Civil, pelo menos 1.289 pessoas ficaram desalojadas; uma criança de 2 anos morreu soterrada em Pescador

  • Minas Gerais | Ana Gomes, Do R7

Temporal deixou estragos em regiões de Minas Gerais

Temporal deixou estragos em regiões de Minas Gerais

Imagens cedidas / Randal Renye

A Defesa Civil confirmou, na manhã desta sexta-feira (10), mais duas mortes após as fortes chuvas em Minas Gerais nas últimas horas. Em Pescador, a 412 km de Belo Horizonte, uma criança de 2 anos morreu soterrada. A outra morte aconteceu em Engenheiros Caldas, no Vale do Rio Doce, a 290 km da capital.

Ainda segundo o balanço, 215 pessoas ficaram desabrigadas e 1.289 desalojadas nos municípios mineiros afetadas pelos temporais. Com isso, na atual temporada de chuvas o número de desabrigados em Minas subiu para 406 e o de desalojados é de 3.872 pessoas.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), decretou situação de emergência em 31 cidades do Estado devido aos estragos causados pelas chuvas intensas desde o dia 7 de dezembro. O anúncio foi publicado no Diário do Executivo desta sexta-feira (10). (Confira a lista dos municípios no final da reportagem.)

Zema vai vistoriar, nesta sexta-feira (10), cidades atingidas pelo forte temporal na região do Vale do Jequitinhonha. A previsão é que o político chegue a Águas Formosas, a 583 km de Belo Horizonte, e depois siga para o município vizinho de Machacalis.

O Governo de Minas vai enviar cestas básicas, kits de higiene e de limpeza aos municípios com desalojados ou desabrigados. Técnicos do DEER-MG (Departamento de Edificações e Estradas de Rodagens de Minas Gerais) também foram acionados para auxiliar os municípios no plano de trabalho para reconstrução de pontes.

Municípios mineiros em situação de emergência:

• Águas Formosas;
• Bertópolis;
• Caraí;
• Carmo da Cachoeira;
• Engenheiro Caldas;
• Fronteira dos Vales;
• Ibirité;
• Itambacuri;
• Jacinto;
• Jampruca;
• Joaíma;
• Lagoa Formosa;
• Machacalis;
• Manhuaçu;
• Monte Formoso;
• Novo Cruzeiro;
• Novo Oriente de Minas;
• Ouro Verde de Minas;
• Padre Paraíso;
• Palmópolis;
• Pescador;
• Resplendor;
• Rio do Prado;
• Salto da Divisa;
• Santa Helena de Minas;
• Santa Maria do Salto;
• Santo Antônio do Amparo;
• Santo Antônio do Jacinto;
• Teófilo Otoni;
• Umburatiba; e
• Virgem da Lapa.

Últimas