Minas Gerais Cinegrafista é agredido por empresário no interior de Minas

Cinegrafista é agredido por empresário no interior de Minas

O repórter foi abordado aos chutes por Leonardo Rivelli, no meio da rua, em Barbacena, a 172 km de BH; ele foi levado para a delegacia e pagou fiança

  • Minas Gerais | Luiza Lanza*, do R7

Vídeo mostra momento em que repórter é abordado

Vídeo mostra momento em que repórter é abordado

Reprodução/RecordTV Minas

O repórter cinematográfico Robson Panzera foi agredido, teve a mão machucada e o equipamento danificado, nesta quarta-feira (20), nas ruas de Barbacena, a 172 km de Belo Horizonte, enquanto trabalhava. O autor da agressão é o empresário Leonardo Rivelli. 

Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver o momento em que cinegrafista é abordado e atacado com o própio material de filmagem. Robson tenta se defender, mas acaba com o equipamento danificado.

A repórter Thais Fulin, que acompanhava o cinegrafista na gravação, registrou o momento de revolta, em que o colega foi agredido: "O que é isso, velho? A câmera é cara. Você tá doido? (sic)" 

Leia mais: Pichações em BH ameaçam jornalistas: "mate um jornalista"

A Polícia Civil de Barbacena informou que o agressor foi preso em flagrante e levado para a delegacia para prestar depoimento. Ele vai responder pelos crimes de lesão e dano qualificado e foi liberado depois de pagar fiança. 

A PC escutou, ainda, os dois jornalistas atacados e afirmou que, agora, vai investigar as motivações da agressão. 

A reportagem tenta contato com a defesa de Rivelli para que possa explicar as agressões ao cinegrafista. 

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas