Minas Gerais Concessão de rodovias devem sair até 2021, diz novo secretário 

Concessão de rodovias devem sair até 2021, diz novo secretário 

Após 18 meses da gestão de Marco Aurélio Barcelos, expectativa do novo titular da pasta, Fernando Marcato, é publicar os editais até o início de 2021

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Secretário assume o cargo nos próximos dias

Secretário assume o cargo nos próximos dias

Arquivo pessoal

O novo secretário de Infraestrutura e Mobilidade do Governo de Minas, Fernando Marcato, que substitui Marco Aurélio Barcelos, deve assumir o cargo no início do mês de agosto com o desafio de dar continuidade a projetos como a concessão de rodovias estaduais e do Aeroporto da Pampulha à iniciativa privada, a construção do Rodoanel, dentre outros. 

Segundo Marcato, os projetos devem sair até o início do ano que vem. 

- Os projetos estão bem encaminhados, a perspectiva é que, no final do ano ou começo do ano que vem, começamos a liberar os editais, estamos fazendo um  processo de refinamento do programa das rodovias e do Rodoanel e outras iniciativas que estão sendo tocadas.

O projeto de concessão de 2.500 km de rodovias mineiras à iniciativa privada foi divulgada pelo governo estadual em 31 de maio do ano passado. À época, o governador Romeu Zema (Novo) e o secretário Marco Aurélio Barcelos estimaram receber cerca de R$ 7 bilhões com a concessão de sete lotes de rodovias, além de gerar 9.500 empregos. 

Divulgação/Seinfra

Marcato, que é especialista em estruturação de projetos de infraestrutura e professor da Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo, diz que já tinha conhecimento sobre os projetos desenvolvimentos pelo Governo de Minas e que intensificou o contato com o secretário Marco Aurélio Barcelos para fazer uma transição até o fim do mês. 

- O trabalho que o Marco fez foi de estruturação completa de um programa que foi muito exitoso no passado, mas não foi prioridade do governo anterior. Em média, os projetos de concessões e PPPs (Parcerias Público-Privadas) demoram um ano e meio a dois anos para ficarem prontos. Tenho a sorte de pegarum  bom momento, lançar os editais e contrato. Quando começar, vou entrar nos detalhes de cada um dos projetos. Tenho total confiança no trabalho feito.

Além do programa de concessão de rodovias, Marcato destaca, ainda, outros projetos do governo estadual, como o Rodoanel e a concessão do Aeroporto da Pampulha. A construção da linha 2 do metrô de Belo Horizonte, e os projetos de concessão de aeroportos regionais estão sendo tocados junto ao governo federal. 

Últimas