Corpo de quarta vítima de acidente de avião em BH é identificado

Paulo Jorge de Almeida, de 61 anos, era pedreiro e seguia com um amigo para uma obra onde trabalhava quando foi atingido pelo avião 

Avião se chocou contra academia que fica na rua Minerva, no bairro Caiçara

Avião se chocou contra academia que fica na rua Minerva, no bairro Caiçara

Reprodução/Redes Sociais

A Polícia Civil identificou o corpo da quarta vítima da queda de um avião em um bairro de Belo Horizonte na semana passada. Paulo Jorge de Almeida, que tinha 61 anos, foi identificado por meio de exame de DNA, após nove dias de análises. O acidente deixou quatro mortos. 

Pedreiro, Paulo Jorge seguia com um colega de trabalho, Pedro Antônio de Barbosa, para uma obra, onde trabalhavam, quando foram atingidos pela aeronave. 

Todas as outras três vítimas já foram identificadas e enterradas pelos familiares. No entanto, devido ao estado de carbonização do corpo de Paulo Jorge de Almeida, o IML (Instituto Médico Legal) levou nove dias para concluir a identificação por meio de DNA. 

Segundo a Polícia Civil, este tipo de exame é de alta complexidade e, segundo protocolos internacionais, os peritos têm até 90 dias para concluir a análise. "Inicialmente, a tentativa de identificação foi por impressão digital e arcada dentária. Como a família da vítima não tinha documentação odontológica suficiente, não foi possível o reconhecimento por arcada", informou a corporação. 

Acidente

A aeronave modelo SR20 decolou do Aeroporto Carlos Prates na manhã do dia 21 de outubro. O avião ficou poucos segundos no ar, até se chocar contra uma academia localizada na rua Minerva, no bairro Caiçara.