Minas Gerais CPI da BHTrans ouve presidente da companhia nesta quarta-feira (2)

CPI da BHTrans ouve presidente da companhia nesta quarta-feira (2)

Diogo Prosdocimi deve fazer um balanço da situação em que a empresa estava quando ele assumiu a gestão em janeiro deste ano

Prosdocimi será o primeiro ouvido pela CPI

Prosdocimi será o primeiro ouvido pela CPI

Divulgação / Prefeitura de BH

Diogo Prosdocimi, presidente da BHTrans (Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte), deve prestar depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga ações da empresa junto às operadoras de ônibus, na manhã desta quarta-feira (2).

Prosdocimi será o primeiro a conversar oficialmente com o grupo. Ele será ouvido na condição de testemunha.

Segundo a presidência da comissão, o objetivo é ouvir do gestor quais foram os problemas identificados por ele relativos a administrações passadas da BHTrans, já que ele assumiu a companhia em janeiro deste ano.

"A oitiva é necessária para a apuração de informações gerais sobre a situação da BHTrans, a fim de averiguar o estado em que Prosdocimi assumiu a presidência da empresa, problemas identificados, bem como alterações e soluções implementadas até o momento", destacou a Câmara de BH sobre o depoimento.

Procurada pelo R7, a BHTrans informou que Prosdocimi confirmou a presença no encontro marcado para esta manhã.

O objetivo da comissão é apurar a atuação da BHTrans diante possíveis irregularidades das empresas que prestam o serviço de ônibus na capital mineira. A primeira reunião da CPI aconteceu no último dia 21 de maio. Os sete vereadores que fazem parte do grupo têm até 180 dias para apresentar um relatório sobre o tema analisado.

Últimas