Minas Gerais Declarações de amor e alertas de violência iluminam prédio de BH

Declarações de amor e alertas de violência iluminam prédio de BH

Para marcar o Dia dos Namorados, moradores projetaram mensagens no paredão do JK, um dos edifícios mais tradicionais da capital mineira

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Declarações de amor iluminaram prédio

Declarações de amor iluminaram prédio

Divulgação / Viva JK / Guilherme Barros

Mensagens de amor e de problematização social marcaram as paredes do edifício JK, um dos prédios mais tradicionais de Belo Horizonte, na região Centro-Sul da cidade, na noite desta quinta-feira (11).

Na data que antecede o Dia dos Namorados, um grupo de moradores do condomínio projetou frases enviadas por belo-horizontinos se declarando para as pessoas amadas. Teve gente que preferiu não colocar o nome em exposição, mas não deixou de enviar uma mensagem. "Te sinto mesmo de longe. Que breve seja nosso perto", se declarou um morador identificado apenas como "L".

Os textos também pediam um fim para os casos de violência doméstica. Manchetes de jornais que relataram casos de abusos contra mulheres foram colocadas em letras garrafais no paredão amarelado do prédio de 36 andares. "A epidemia do feminicídio no Brasil não deve ser ignorada em meio à pandemia do coronavírus", destacou uma citação da filósofa Djamila Ribeiro.

Veja mais fotos da projeção:

Movimento de moradores

A iniciativa foi realizada pelo “Viva JK”, grupo formado por moradores do condomínio desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Desde o início da pandemia de covid-19, o coletivo vem realizando projeções nas paredes do prédio com mensagens de afeto, carinho, crítica social e de motivação para a população. Em abril, um jovem usou o espaço para pedir a namorada em casamento. O episódio viralizou na internet.

Com a repercussão do trabalho, o “Viva JK” ganhou uma conta no Instagram, passou a interagir com os moradores e a divulgar mais mensagens enviadas pela população.

Relembre o pedido de casamento no JK:

Últimas