Minas Gerais Defesa Civil de Minas confirma 229 mortos em tragédia de Brumadinho

Defesa Civil de Minas confirma 229 mortos em tragédia de Brumadinho

Mais um corpo foi identificado nesta segunda-feira (15) e outras 48 pessoas estão desaparecidas; Bombeiros continuam com as buscas pelo 81º dia

Bombeiros contam com ajuda de quatro cães farejadores nas buscas

Bombeiros contam com ajuda de quatro cães farejadores nas buscas

BBC NEWS BRASIL

A Defesa Civil de Minas Gerais confirmou a identificação de mais um corpo de vítima do rompimento da barragem de rejeitos de minério da Vale em Brumadinho (MG). Com isso, subiu para 229 o número de mortes confirmadas. Até o momento, 48 pessoas estão desaparecidas. 

As buscas entraram no 81º dia na região onde a barragem se rompeu e 138 bombeiros militares continuam nos trabalhos de resgate no local. Eles estão  divididos em 18 frentes de trabalho e são auxiliados por 81 máquinas pesadas e quatro cães farejadores.  

A barragem 1 da mina do Córrego do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro e a lama atingiu uma área administrativa da Vale, uma pousada e comunidades próximas à região, além do rio Paraopeba.