Falha no metrô provoca atrasos e lota estações e vagões em BH

Problema aconteceu entre as estações Minas Shopping e Vilarinho; algumas unidade tiveram que fechar os portões para evitar aglomerações 

Falha provocou atrasos nas viagens

Falha provocou atrasos nas viagens

Reprodução/ Redes Sociais

Estações do metrô de Belo Horizonte ficaram lotadas, na manhã desta segunda-feira (11), provocando tumulto e reclamações dos usuários.

De acordo com a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbano), uma falha entre as estações Minas Shopping e Vilarinho provocou atrasos nas viagens.

Ainda segundo a companhia, para evitar aglomerações, algumas unidades tiveram que fechar os portões para controlar o fluxo de passageiros e foram reabertas após a liberação das viagens.

Devido a pandemia do novo coronavírus, o metrô está funcionando com horário reduzido. Com a falha registrada nesta manhã, o intervalo de 10 minutos nos horários de pico chegou a 30 minutos.

Por meio de nota a CBTU informou que a situação já foi resolvida e que os trens voltaram a operar normalmente.

Veja a nota na integra

"Em atendimento a este veículo de imprensa, a CBTU Belo Horizonte informa que registrou atrasos na operação do metrô nesta segunda-feira (11/05), em razão de falha de sinalização ocorrida no trecho entre as estações Minas Shopping e Vilarinho. A falha ocorreu às 6h e o sistema já foi normalizado, desde às 7h35.


Para garantir a segurança do próprio usuário foi necessário realizar o controle de fluxo em algumas estações, com fechamento momentâneo dos portões e reabertura após liberação para viagem.  Por causa da falha, o intervalo habitual do metrô, que durante a pandemia tem sido de 10 minutos nos horários de pico, chegou a 30 minutos.

Neste momento todas as estações estão abertas à população e os trens seguem circulando habitualmente. O sistema de sinalização já foi normalizado e as equipes de operação da CBTU-BH seguem atuando para reestabelecer a regularidade dos intervalos entre as viagens, no menor tempo possível."

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Pablo Nascimento