Minas Gerais Fiscais pararam 218 pessoas com sinais de covid nas entradas de BH

Fiscais pararam 218 pessoas com sinais de covid nas entradas de BH

Viajantes avaliados nas barreiras sanitárias foram encaminhados a hospitais; 41.722 passageiros foram abordados desde a última segunda-feira (18)

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Barreiras foram instaladas em 11 pontos da cidade

Barreiras foram instaladas em 11 pontos da cidade

Divulgação/ BHTrans

Em três dias de funcionamento das barreiras sanitárias em Belo Horizonte, 218 pessoas que tentaram entrar na cidade com sintomas de covid-19 foram encaminhadas a hospitais.

Os atendimentos foram realizados entre esta segunda-feira (18) e esta quarta-feira (20). De acordo com a prefeitura, no período, 22.100 veículos foram parados nos pontos de fiscalização instalados nas áreas de acesso à capital mineira.

As equipes de vigilância não param todos os carros e escolhem de forma aleatória os que devem passar pela avaliação. Até o momento, 41.722 pessoas foram avaliadas.

Os fiscais medem a temperatura de quem é parado e faz perguntas sobre possível contato com pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Caso o avaliador julgue necessário, o viajante é orientado a procurar uma unidade de saúde.

Leia também: Barreiras nas entradas de BH não param todos os carros

A prefeitura, no entanto, não acompanha todos os pacientes até o hospital e ainda não tem o número de pessoas que, de fato, buscaram atendimento após a blitz.

Ao anunciar o projeto, na última semana, o prefeito Alexandre Kalil afirmou que, quando necessário, a polícia pode acompanhar o paciente suspeito até o hospital. A reportagem procurou a Secretaria Municipal de Saúde para saber se alguma intervenção policial foi necessária até o momento, mas ainda não teve retorno.

Barreiras

As barreiras sanitárias começaram a funcionar na segunda-feira em 10 pontos da capital mineira. Na terça-feira, as áreas atendidas foram ampliadas para 11, o mesmo número desta quinta-feira (21).

Segundo a prefeitura, as fiscalizações podem ser montadas em até 18 locais e vão variar de acordo com avaliação das equipes de saúde.

Veja os endereços das barreiras já instaladas:

1) Avenida Amazonas, próximo ao Viaduto do Anel Rodoviário
2) Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, próximo à Rua Conde Pereira Carneiro
3) Avenida Braúnas, próximo à Rua Xangrila
4) Avenida Professor Clóvis Salgado, próximo à Avenida Serrana
5) Avenida Civilização, próximo à Rua dos Menezes
6) Avenida Dom Pedro I, próximo à Rua Bernardo Ferreira da Cruz
7) Avenida Cristiano Machado, próximo à Rua das Gabirobas
8) Avenida José Cândido da Silveira, no trecho entre a MG-05 e Rua José Moreira Barbosa
9) Avenida dos Andradas, no trecho entre a Rua Itaguá e Rua Marzagânia
10) Avenida Raja Gabaglia, próximo à Rua Parentis
11) Avenida Nossa Senhora do Carmo, no trecho Belvedere

Últimas