Fiscais pararam 218 pessoas com sinais de covid nas entradas de BH

Viajantes avaliados nas barreiras sanitárias foram encaminhados a hospitais; 41.722 passageiros foram abordados desde a última segunda-feira (18)

Barreiras foram instaladas em 11 pontos da cidade

Barreiras foram instaladas em 11 pontos da cidade

Divulgação/ BHTrans

Em três dias de funcionamento das barreiras sanitárias em Belo Horizonte, 218 pessoas que tentaram entrar na cidade com sintomas de covid-19 foram encaminhadas a hospitais.

Os atendimentos foram realizados entre esta segunda-feira (18) e esta quarta-feira (20). De acordo com a prefeitura, no período, 22.100 veículos foram parados nos pontos de fiscalização instalados nas áreas de acesso à capital mineira.

As equipes de vigilância não param todos os carros e escolhem de forma aleatória os que devem passar pela avaliação. Até o momento, 41.722 pessoas foram avaliadas.

Os fiscais medem a temperatura de quem é parado e faz perguntas sobre possível contato com pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Caso o avaliador julgue necessário, o viajante é orientado a procurar uma unidade de saúde.

Leia também: Barreiras nas entradas de BH não param todos os carros

A prefeitura, no entanto, não acompanha todos os pacientes até o hospital e ainda não tem o número de pessoas que, de fato, buscaram atendimento após a blitz.

Ao anunciar o projeto, na última semana, o prefeito Alexandre Kalil afirmou que, quando necessário, a polícia pode acompanhar o paciente suspeito até o hospital. A reportagem procurou a Secretaria Municipal de Saúde para saber se alguma intervenção policial foi necessária até o momento, mas ainda não teve retorno.

Barreiras

As barreiras sanitárias começaram a funcionar na segunda-feira em 10 pontos da capital mineira. Na terça-feira, as áreas atendidas foram ampliadas para 11, o mesmo número desta quinta-feira (21).

Segundo a prefeitura, as fiscalizações podem ser montadas em até 18 locais e vão variar de acordo com avaliação das equipes de saúde.

Veja os endereços das barreiras já instaladas:

1) Avenida Amazonas, próximo ao Viaduto do Anel Rodoviário
2) Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, próximo à Rua Conde Pereira Carneiro
3) Avenida Braúnas, próximo à Rua Xangrila
4) Avenida Professor Clóvis Salgado, próximo à Avenida Serrana
5) Avenida Civilização, próximo à Rua dos Menezes
6) Avenida Dom Pedro I, próximo à Rua Bernardo Ferreira da Cruz
7) Avenida Cristiano Machado, próximo à Rua das Gabirobas
8) Avenida José Cândido da Silveira, no trecho entre a MG-05 e Rua José Moreira Barbosa
9) Avenida dos Andradas, no trecho entre a Rua Itaguá e Rua Marzagânia
10) Avenida Raja Gabaglia, próximo à Rua Parentis
11) Avenida Nossa Senhora do Carmo, no trecho Belvedere