Minas Gerais Governo de MG prevê desobrigar uso de máscara até dezembro

Governo de MG prevê desobrigar uso de máscara até dezembro

Secretário de Zema diz que, inicialmente, a flexibilização do item de proteção deve valer apenas para ambientes externos

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Flexibilização deve valer só para ambiente externo

Flexibilização deve valer só para ambiente externo

Pixabay/Reprodução

O secretário de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, calcula que o governo deve derrubar, até meados de dezembro, o decreto que torna obrigatório o uso de máscara de proteção contra o coronavírus em ambientes externos no Estado.

Segundo o chefe da Pasta, a medida será possível quando Minas alcançar a chamada imunidade de rebanho, fenômeno que ocorre quando a maior parte da população já está imune a uma doença devido ao alto nível de vacinação ou por contato com o vírus.

Baccheretti projeta que o cenário estará favorável nesse sentido quando Minas tiver entre 70% e 80% dos moradores vacinados com as duas doses da vacina contra a Covid-19.

"Em um mês e meio a dois meses, devemos atingir a imunidade de rebanho. A partir daí, é possível avaliarmos desobrigar o uso de máscara em ambientes externos. Nos internos, isso ainda não deve acontecer."

Atualmente, todas as regiões de Minas Gerais estão na fase verde, a menos restrita, do programa Minas Consciente. Dados do governo apontam que 523 cidades não registraram mortes por Covid-19 no último mês.

Últimas