Minas Gerais Governo de Minas vai ajudar no combate aos incêndios no Pantanal

Governo de Minas vai ajudar no combate aos incêndios no Pantanal

Militares e helicóptero foram enviados ao Mato Grosso do Sul para fazerem parte da força-tarefa que tenta apagar as queimadas que assolam a região

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Equipe embarcou na tarde deste sábado (19)

Equipe embarcou na tarde deste sábado (19)

Divulgação / PMMG / Marcilene Neves

Um helicóptero da PMMG (Polícia Militar de Minas Gerais) e seis membros da corporação partiram em direção ao Mato Grosso do Sul, na tarde deste sábado (19), para ajudar no combate aos incêndios que assolam o Pantanal.

O bioma passa por um dos meses com o maior número de focos de queimadas, que destroem a vegetação e a vida animal do local. Nesta semana, os Estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul decretaram situação de emergência em função dos incêndios.

A equipe enviada para fazer parte da força-tarefa de combate às chamas faz parte da tripulação do helicóptero Pégasus 10. São dois pilotos, dois tripulantes, dois apoios em solo e um mecânico. Segundo a PM, a aeronave tem capacidade de lançar 540 litros de água por viagem.

Segundo a Secretaria-Geral do Governo de Minas, a ajuda foi solicitada pelo próprio governo sul-mato-grossense. A operação conta com o apoio da Polícia Militar, do Gabinete Militar do Governador e da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais.

Leia também: Fumaça do Pantanal deve atingir cidades de Minas Gerais

“Essa ação demonstra a união dos Estados em defesa do meio ambiente no combate aos incêndios que devastam a área. Temos a honra de servir ao povo do Mato Grosso do Sul e ajudar a operacionalizar essa missão”, comentou o governador Romeu Zema (Novo), em uma rede social, ao anunciar a autorização para a operação.

Segundo o Governo de Minas, a expectativa é que a equipe mineira atue no combate aos incêndios por pelo menos 15 dias.

Últimas