Minas Gerais Homem é suspeito de agredir mulher e incendiar quarto de motel

Homem é suspeito de agredir mulher e incendiar quarto de motel

Homem teria tentado impedir que garota de programa saísse do quarto do motel, que fica no bairro Castelo, em BH; ele usado cocaína na madrugada

Um homem é suspeito de ter agredido uma garota de programa e ateado fogo no quarto do motel em que estavam, no bairro Castelo, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Ele foi resgatado em estado grave e está internado.

A confusão teria começado após um desentendimento entre os dois. O homem não queria que a garota de programa fosse embora e teria agredido a mulher com socos e chutes. Assustada, a vítima gritou para chamar a atenção dos funcionários. Assim que ela saiu do quarto. o homem teria ateado fogo no colchão.

Veja: Mulher é encontrada morta dentro de motel em BH

A Polícia Militar chegou ao local às 8h e, ao encontrar o quarto tomado pela fumaça, acionou os bombeiros. Segundo os militares, o homem de 34 anos foi encontrado trancado em um banheiro e inconsciente. Ele foi carregado até o passeio da rua, onde foi reanimado.

Equipe de resgate foi ao local para atender vítimas

Equipe de resgate foi ao local para atender vítimas

Reprodução / Record TV Minas

Segundo a PM, a mulher tem 47 anos, é garota de programa e foi contratada durante a madrugada na Pampulha. Ela foi socorrida com ferimentos na cabeça e pelo corpo.

Aos policiais, a vítima contou que, antes de entrarem no motel, o homem teria ido até o bairro Cabana do Pai Tomás, na região Oeste da capital, onde teria adquirido porções de cocaína para usar durante a madrugada. Após ingerir a droga, o suspeito teria ficado agitado e agressivo, e perguntava para a mulher se ela era casada.

O quarto onde o casal estava ficou bastante destruído e a perícia faz o trabalho de investigação. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Últimas