Minas Gerais Jato fez pousos e decolagens em aeroporto antes de acidente em BH

Jato fez pousos e decolagens em aeroporto antes de acidente em BH

Investigadores apuram se aeronave passava por testes ou manutenção quando saiu da pista; copiloto morreu no local

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Jato se partiu ao meio após bater em árvores

Jato se partiu ao meio após bater em árvores

Divulgação / CBMMG

Representantes do Corpo de Bombeiros informaram, na noite desta terça-feira (20), que o avião que saiu da pista no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, durante a tarde, fez uma série de pousos e decolagens do terminal pouco antes do acidente.

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas após o jato parar no gramado que fica na cabeceira da pista. A aeronave atingiu árvores e se partiu ao meio.

De acordo com o major Fábio Alves Dias, os investigadores vão esclarecer se o avião passava por teste ou manutenção antes do acidente. Moradores relataram que avistaram a aeronave circulando sobre o aeroporto minutos antes.

— Pelas informações que nos foram repassadas, esta aeronave é do Rio de Janeiro e estava em processo de toque e arremetida, ou seja, pousos e decolagens, aqui na Pampulha.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, copiloto de 76 anos ficou preso entre as ferragens e morreu. O piloto, de 28 anos, que estaria em treinamento, foi retirado dos destroços em estado grave e levado para o Hospital João 23. Uma terceira vítima, de 31 anos, teve ferimentos leves e não precisou de atendimento médico.

Uma gravação da torre de comando da Polícia Militar relata que o trem de pouso da aeronave não teria aberto no momento em que o avião seguiu para tocar o solo. Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação), a documentação do jato estava em dia. A ocorrência será investigada pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

Veja fotos e vídeos do jato acidentado:

Últimas