Minas Gerais Justiça manda metrô de Belo Horizonte funcionar com escala mínima em meio a greve

Justiça manda metrô de Belo Horizonte funcionar com escala mínima em meio a greve

Trens deverão rodar com 100% das viagens previstas durante os horários de pico, segundo o Tribunal Regional do Trabalho

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, Do R7

Justiça manda metrô de BH funcionar com escala mínima

Justiça manda metrô de BH funcionar com escala mínima

Kiuane Rodrigues/Record TV Minas

O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) determinou, nesta quarta-feira (14), que os metroviários deverão garantir escala mínima do metrô durante a greve iniciada nesta madrugada.

O presidente do TRT, desembargador Ricardo Antônio Mohallem,  definiu que a escala diária deverá ser:

- de 100% dos trens, em horários de pico (das 5h30 às 12h e das 16h30 às 23h); e
- de 70% dos trens nos demais horários.

Em caso de descumprimento, a multa diária será de R$100 mil. A reportagem procurou o Sindmetro, sindicato que representa os trabalhadores, para comentar sobre a decisão e aguarda retorno.

Os trabalhadores questionam a privatização do metrô da capital mineira. Nenhuma das 19 estações funcionou nesta quarta-feira.

Últimas