Minas Gerais Minas estuda autorizar volta às aulas ainda na Onda Vermelha

Minas estuda autorizar volta às aulas ainda na Onda Vermelha

De acordo com governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), volta às aulas "deve ocorrer em breve" no Estado

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Zema visita escolas em reforma

Zema visita escolas em reforma

Reprodução/redes sociais

O secretário de Estado de saúde de Minas Gerais, Fábio Bacheretti, afirmou nesta sexta-feira (23), que o Governo de Minas estuda permitir a retomada das aulas presenciais para a educação infantil mesmo em cidades que estejam classificadas na Onda Vermelha, do programa Minas Consciente. 

Hoje, a volta às aulas no formato presencial está impedido devido a uma liminar do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Além disso, pelas regras do programa Minas Consciente, somente municípios nas ondas Amarela e Verde poderiam permitir a retomada das aulas tanto de ensino superior como da educação básica. 

— Dentro do programa Minas Consciente está sendo discutida a abertura das escolas de ensino infantil ainda na Onda Vermelha, e, depois, do ensino médio e superior, diante da melhoria dos casos. A expectativa é que não demore. 

A declaração do secretário foi dada em uma entrevista coletiva na cidade de Patos de Minas, a 400 km de Belo Horizonte. Bacheretti acompanhou o governador Romeu Zema (Novo) em uma viagem ao município para acompanhar o andamento da campanha de vacinação e o acompanhamento de reformas em uma escola. 

A visita do governador ocorre na semana em que a cidade de Belo Horizonte anunciou a retomada das aulas em regime presencial - tanto na rede pública como particular. A capital mineira autorizou a abertura das escolas para alunos de até 5 anos de idade a partir da próxima segunda-feira (26). 

De acordo com Zema, o projeto "Mãos à obra" tem como objetivo reformar 1.028 escolas espalhadas por todo o Estado e a volta às aulas "deve acontecer em breve".

— Esses prédios escolares estão abandonados durante anos e temos a função de deixá-los em condições para o retorno às aulas, que deve acontecer em breve. 

Aulas em Minas

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, a volta às aulas presenciais no Estado só será implementada "quando houver a autorização judicial para retorno e apenas nos municípios localizados nas ondas amarela e verde do Plano Minas Consciente". 

As regras constam na Deliberação 129 do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, que o Governo de Minas cogita alterar, para incluir cidades na Onda Vermelha. 

"Todas as escolas estaduais estão se preparando observando o checklist de aplicação do protocolo sanitário para o desenvolvimento do ensino híbrido, com retorno seguro, gradual e facultativo", diz a pasta, em nota.

Últimas