Minas Gerais MP denuncia dirigentes da Vale por poluição ambiental na Grande BH

MP denuncia dirigentes da Vale por poluição ambiental na Grande BH

Segundo denúncia, mineradora destruiu fauna e flora na Usina de Pelotização, em Nova Lima (MG), e dirigentes foram omissos

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, com Giovana Maldini*, do R7

Vale e dirigentes foram denunciados por crime ambiental

Vale e dirigentes foram denunciados por crime ambiental

Adriano Machado/Reuters - 30.1.2019

O MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) denunciou a Vale e três dirigentes da mineradora por crime ambiental. De acordo com o órgão, a multinacional teria provocado poluição em níveis que resultaram em danos à saúde humana.

Além disso, o MP acusa a Vale de ter destruído a fauna e a flora na Usina de Pelotização, na Fazenda Rio de Peixe, situada no Complexo Vargem Grande, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. A empresa e os dirigentes foram denunciados por infringirem a Lei de Crimes Ambientais.

Denúncia

Segundo o Ministério Público, a mineradora emitiu partículas e óxidos de nitrogênio de forma irregular entre os anos de 2011 e 2015, e atingiu a região do Condomínio Solar da Lagoa, que fica localizado de frente à usina. O órgão ainda afirma que, no período de 2011 e 2014, também houve lançamento de resíduos líquidos sanitários no solo. A denúncia ainda aponta poluição sonora acima do aceitável para horário noturno em área rural.

Veja: Brumadinho (MG): Vale diz que indenização chega a 10 mil pessoas

Ainda de acordo com o Ministério Público, os três dirigentes da Vale denunciados foram omissos ao não adotarem medidas exigidas pelo órgão e por expor o meio ambiente a riscos graves e irreversíveis.

Indenização

Nesta quarta-feira (9), a mineradora Vale foi condenada pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região) a pagar indenização no valor de R$ 1 milhão para as famílias dos trabalhadores que foram vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, em janeiro de 2019. O valor será direcionado aos espólios e herdeiros dos funcionários da mineradora.

Outro lado

A Vale informou que ainda não foi formalmente citada em relação ao eventual recebimento da denúncia. A empresa reforçou o compromisso com a sociedade e com o meio ambiente.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas