Minas Gerais Mulher suspeita de pagar R$ 50 pela morte de marido é presa em BH

Mulher suspeita de pagar R$ 50 pela morte de marido é presa em BH

Amante da mulher e outras duas pessoas também estão envolvidos no crime; celular da vítima foi usado para pagamento

Mulher pagou R$ 50 reais pelo assassinato

Mulher pagou R$ 50 reais pelo assassinato

Record TV Minas

Uma mulher foi presa nesta quarta-feira (10) suspeita de mandar matar o marido, Joaniz Divino de Almeida, no dia 2 de julho. Segundo a Polícia Civil, as investigações apontam que Luciane Araújo Silva pagou para o amante cometer o crime.

Joaniz foi assassinado dentro de casa. De acordo com a delegada, Bianca Mondaini, o crime foi pago com R$ 50 e um celular.

— A Luciane deu R$ 50 para o Samuel pelo trabalho e após o crime ela entregou o celular da vítimas para o rapaz.

Segundo a Polícia Civil, no dia do crime a mulher enviou uma mensagem para o marido que estava trabalhando, e pediu para que ele voltasse em casa e a levasse no hospital, pois ela estava passando mal.

O amante de Luciane, Samuel da Paixão, informou à polícia que a ajudou porque ela dizia que era agredida pelo marido. Ele negou que tenha participado da execução mas pediu a dois conhecidos para matar o eletricista.

— Quando os dois meninos entraram encapuzados e arrastaram o Joaniz para a sala. Nessa hora, a Luciane estava em casa, deitada no quarto, com a porta fechada.

A polícia acredita que a motivação do crime tenha sido um seguro de vida e um imóvel da vítima, que ficariam para Luciane.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Odair Braz Junior.