Minas Gerais Músico homenageia profissionais da saúde em posto de vacinação

Músico homenageia profissionais da saúde em posto de vacinação

Edmilson Cândido, de 50 anos, se apresenta em bares e resolveu tocar saxofone para marcar vacinação no bairro Prado, em BH

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli e Célio Ribeiro, do R7

Músico costuma tocar em bares

Músico costuma tocar em bares

Reprodução/redes sociais

Saxofonista há 25 anos, Edmilson Cândido, de 50 anos de idade, emocionou profissionais de saúde que aplicavam vacinas contra a covid-19 em uma faculdade de Belo Horizonte nesta quarta-feira (4).

Com o cartão de vacinas em mãos, Edmilson estava tocando o instrumento em uma área comercial no bairro Prado, região Oeste de Belo Horizonte, quando resolveu "dar um pulo" no local. Faltando três dias para que pudesse tomar a segunda dose da vacina, ele foi autorizado a receber a dose de reforço - já que a aplicação foi antecipada em uma semana

Depois de levar a "agulhada", o músico resolveu homenagear os profissionais de saúde que estavam trabalhando no local. 

- Eu não vi muita gente homenageando essa galera que trabalha tanto para nos salvar. Algumas enfermeiras até choraram, e aí eu aproveito pra pegar firme no instrumento

No repertório, uma série de músicas alegraram o dia de quem passava pelo local, como "É Preciso Saber Viver” (Roberto/Erasmo) e “Como É Grande O Meu Amor Pra Você” (Roberto/Erasmo)”, dentre outras. 

- O clima da vacinação é tenso, nem todo mundo chegava lá sorrindo. Eu cheguei num momento em que elas estavam um pouco mais descontraídas e decidi aproveitar esse momento. No início da pandemia, os profissionais da saúde estavam tenso e agora eles estão mais tranquilos, mais calmos, com o avanço da imunização. A campanha de vacinação é um fato de comemoração entre as enfermeiras e entre o público. 

Veja o vídeo:

Últimas