Minas Gerais Passagem de ônibus em BH deveria custar R$ 6,35, aponta auditoria

Passagem de ônibus em BH deveria custar R$ 6,35, aponta auditoria

Prefeitura disse que tarifa atual de R$ 4,05 só poderia ter reajuste após o levantamento; prefeito afirma que ficou assustado com o valor

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Custo do serviço na cidade era preocupação de Kalil

Custo do serviço na cidade era preocupação de Kalil

Divulgação / PBH /Breno Pataro

A passagem de ônibus em Belo Horizonte deveria custar R$ 6,35. É o que apontou a auditoria contratada pela prefeitura da capital mineira para analisar o custo do transporte na cidade. Os resultados foram apresentados pelo prefeito Alexandre Kalil (PHS) na manhã desta sexta-feira (21).

O levantamento foi solicitado por Kalil em julho deste ano. À época, o chefe do executivo disse que nenhum aumento nas tarifas seria permitido sem a análise dos dados para evitar, segundo ele, ajustes abusivos.

Atualmente, a passagem básica na capital mineira custa R$ 4,05, mas o valor divide opiniões e pesquisas.

Um outro levantamento feito pela ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) indica que o valor deveria estar entre R$ 5,04 e R$ 5,61. Já a análise feita pelo Movimento Tarifa Zero diz que o valor correto seria R$ 3,45.

Durante a manhã, Kalil se disse assustado com os valores que, para ele, são impraticáveis. O ex-presidente do Atlético Mineiro ressaltou que se necessário for, haverá uma nova auditoria.

— Não tem o menor cabimento de colocar a tarifa com os valores apresentados pela ANTP e pela auditoria. 

O prefeito se reunirá durante a tarde com representantes do Setra-BH (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros) para discutir o possível aumento da passagem que não sofre reajustes desde dezembro de 2016.

Leia também: Avião é retirado da pista 21 h após pouso de emergência em Confins

Últimas