Minas Gerais Perto de fazer 70 anos, Parque Guanabara corre risco de fechar

Perto de fazer 70 anos, Parque Guanabara corre risco de fechar

Tradicional parque de diversões de BH só pode abrir as portas em 11 dias nos últimos 14 meses e acumula dívidas 

O Parque Guanabara, um dos mais tradicionais parques de diversão em Belo Horizonte, localizado às margens da Lagoa da Pampulha, está próximo de encerrar as atividades devido a uma crise financeira. Por causa da pandemia de covid-19, o parque só foi autorizado a abrir as portas por 11 dias nos últimos 14 meses e, mesmo assim, para um público de até 30% da capacidade total.

Parque Guanabara completa 70 anos neste mês

Parque Guanabara completa 70 anos neste mês

Falando de Viagem

O local foi beneficiado por auxílio do governo federal para pagamento de salários por um período. Mas, de janeiro a abril deste ano, o benefício foi suspenso e a crise se agravou. Apenas no meio do mês de maio deste ano, o Parque Guanabara retornou ao programa.

De acordo com o diretor do local, Reynaldo Pereira Dias, o local possui 106 funcionários e, mesmo com a crise, nenhum deles foi demitido. Alguns deles até ajudam a manter o local. Para manter a estrutura, foram gastos mais de R$ 5 milhões. No ano passado, moradores chegaram a fazer um abaixo-assinado para tentar manter o parque em funcionamento. 

O Parque

O Parque Guanabara foi inaugurado em 1951, como atração itinerante, que percorria cidades no Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. Em 1970, o centro de diversões se fixou definitivamente em Belo Horizonte e faz parte da memória da capital. 

O local é uma das mais tradicionais atrações da Pampulha. O parque completa 70 anos neste mês de junho, mas com a crise, está cada vez mais próximo de encerrar as atividades. 

Últimas