Minas Gerais Policial atira balas de borracha em jovem que filmava ação do militar 

Policial atira balas de borracha em jovem que filmava ação do militar 

Imagens mostram policial atirando em adolescente após ser avisado que ação estava sendo filmada; PMMG afirma que jovens teriam desacatado equipe

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7, e Natália Jael, da Record TV Minas

Uma adolescente de 17 anos foi atingida por duas balas de borracha disparadas um por um policial militar na saída de um baile funk no bairro Santa Sofia, na região Oeste de Belo Horizonte. A vítima filmou parte da ação.

Cerca de 300 pessoas participavam do evento, muitas delas sem máscara. A PMMG (Polícia Militar de Minas Gerais) foi acionada por moradores do local para acabar com a aglomeração. De acordo com as informações do boletim de ocorrência, os policiais foram hostilizados logo na chegada.

Veja: Baile funk com mais de mil pessoas é encerrado pela Guarda em BH

Uma jovem filmou a ação da equipe. Os policiais jogam no chão uma jovem que já estava imobilizada e algemada. A adolescente avisa aos agentes que está filmando a operação e, neste momento, um dos policiais se vira para ela e dispara duas vezes.

Vídeo mostra policial atirando em jovem durante ação

Vídeo mostra policial atirando em jovem durante ação

Record TV Minas

A jovem foi atingida no pé e nas nádegas. Ela foi socorrida pela própria família, está internada e deve passar por uma cirurgia nos pés nos próximos  dias. Os familiares da vítima acusaram os policiais de não terem socorrido a jovem e pedem justiça

Outro lado

Em nota, a Polícia Militar informou que os agentes foram insultados após pedirem que o som fosse desligado. A mulher que aparece imobilizada no vídeo teria mordido um dos policiais. A corporação afirma ter socorrido as duas mulheres.

A PMMG disse ainda que o baile funk funcionava de forma clandestina e que, até o momento, não há informação de que outras pessoas presentes no local tenham se ferido durante a operação.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Flávia Martins y Miguel

Últimas