Pedido de Impeachment

PT trata pedido de impeachment contra Pimentel como golpe

O líder do governo na Assembleia de MG, Durval Ângelo, avalia que comissão arquivará processo

Pimentel não teria mais boas relações com presidente da Assembleia

Pimentel não teria mais boas relações com presidente da Assembleia

Reprodução / Twitter

O deputado Durval Ângelo (PT), líder do governo Fernando Pimentel na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, considerou uma tentativa de golpe o pedido de impeachment contra o governador, aceito na tarde desta quinta-feira (26) pela mesa diretora do Legislativo. A abertura do processo deixa claro que a relação entre Pimentel e o presidente da Assembleia, Adalclever Lopes (MDB), não vai nada bem.

— Tenho certeza de que (o pedido) será arquivado na comissão (especial para analisar o processo). Não vai acontecer em Minas Gerais o golpe que ocorreu nacionalmente. (...) Este processo vai morrer na própria comissão processante.

O pedido de impeachment foi protocolado na Assembleia por um advogado mineiro. Ele defende a saída de Pimentel do cargo por causa do atraso nos repasses dos recursos públicos, os chamados duodécimos, aos outros poderes. No mês passado, por exemplo, deputados e servidores do Legislativo não receberam em dia.

Na prática, segundo fontes ouvidas pelo R7, a abertura do processo é um recado direto do presidente da Assembleia ao governador de Minas. Adalclever planeja disputar o Senado este ano e desejava ser o candidato apoiado pelo PT de Pimentel.

Entretanto, há pucos dias, a política mineira foi surpreendida com a decisão da ex-presidente Dilma Rousseff em transferir seu título de eleitor de Porto Alegre para Belo Horizonte. A intenção dela é concorrer ao Senado. Mas como é uma mulher que atende as orientações do partido, não está descartada a possibilidade de a ex-presidente tentar uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Outras questões deixaram Adalclever chateado com o governador. Uma delas é a vaga aberta no Tribunal de Contas do Estado, na semana passada, com a morte de Adriene Andrade. Secretários de Pimentel estariam articulando a indicação sem consultar os deputados.

Para o líder do governo na Assembleia, contudo, as arestas serão aparadas entre Pimentel e Adalclever.

    Access log