Minas Gerais Reunião sobre reabertura de BH termina sem definição pelo 2º dia

Reunião sobre reabertura de BH termina sem definição pelo 2º dia

Kalil discute o assunto com os médicos do comitê da covid-19; estoque de medicamento nos hospitais preocupa o grupo

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Kalil define assunto com equipe de saúde

Kalil define assunto com equipe de saúde

Hellen Oliveira / Record TV Minas

A reunião da prefeitura de Belo Horizonte sobre a possível reabertura da cidade chegou ao fim sem definição pelo segundo dia seguido, nesta quinta-feira (15).

Participaram do encontro os médicos do comitê de enfrentamento à covid-19, o secretário de Saúde, Jackson Machado, e o prefeito Alexandre Kalil (PSD).

Nesta quarta-feira (14), o Executivo Municipal já havia alertado sobre a possibilidade do martelo ser batido apenas nesta sexta-feira (16). Embora a prefeitura tenha registrado melhora no ritmo de transmissão do coronavírus e na ocupação de leitos, a falta de insumos nos hospitais deixa o grupo em alerta. A continuação da reunião já foi confirmada para esta sexta-feira.

Nesta quinta-feira, o Governo Estadual anunciou que a região da Grande BH já pode avançar para a onda vermelha no Minas Consciente, programa que orienta a flexibilização. Até então, a área estava na fase roxa, a mais restrita no plano de quatro níveis. Belo Horizonte, no entanto, segue protocolo próprio.

Durante coletia, o secretário de Estado de Sáude, Fábio Bacherreti informou que o governo espera receber nos próximos dias um lote de sedativos e bloqueadores neuromusculares, essenciais para a intubação de pacientes internados em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

A expectativa é que o Estado recebe parte do material do Ministério da Saúde que será enviado de Xangai, na China. Outras entregas devem ser feitas entre o fim deste fim de semana e o início da próxima semana.

Últimas