Minas Gerais Taxa de transmissão da covid em BH sobe e retorna à fase amarela

Taxa de transmissão da covid em BH sobe e retorna à fase amarela

De acordo com boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, índice está em 1,01, o que indica leve expansão na contaminação na cidade

Transmissão de covid está em 1,01 em BH

Transmissão de covid está em 1,01 em BH

Reprodução / Pixabay

Apenas um dia após a taxa de transmissão da covid-19 em Belo Horizonte entrar na “fase verde”, o índice voltou a subir e está, nesta terça-feira (10), em 1,01, ou seja, novamente na “fase amarela”. 

Esse dado indica que cada grupo de 100 pessoas contaminadas transmite o vírus, hoje, para 101 pessoas. Ou seja, a covid-19 está em expansão na cidade. 

O último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de BH mostra que a capital confirmou, nas últimas 24 horas, dois óbitos e 191 testes positivos. Com isso, a cidade já contabiliza 1.530 mortes pelo novo coronavírus e 49.863 casos, enquanto 46.378 pessoas já se curaram da doença e outras 1.955 continuam em acompanhamento.

Assim como a taxa de transmissão, os outros índices de monitoramento da pandemia em Belo Horizonte também registraram leves altas. A ocupação de leitos de terapia intensiva está em 30,6%, enquanto a ocupação dos leitos comuns passou de 27% para 28%.

Profissionais de saúde

A capital mineira já testou 8.374 profissionais de saúde. Destes, 1.286 estavam infectados pelo novo coronavírus, enquanto outros 6.944 receberam o diagnóstico positivo para a doença. A categoria profissional mais infectada continua sendo a dos técnicos de enfermagem, com 219 trabalhadores com a covid-19.

Na sequência aparecem os agentes comunitários de saúde, com 90 infectados, e os enfermeiros, com 69 profissionais com a doença.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas