Minas Gerais Vereador de Carandaí (MG) é preso suspeito de agredir a esposa

Vereador de Carandaí (MG) é preso suspeito de agredir a esposa

Felipe Vieira (Patriota) teria tentado dar golpe de "mata-leão" na mulher; babá do filho do casal presenciou a briga

  • Minas Gerais | Pollyana Sales, da Record TV Minas

Vereador teria tentado dar golpe de "mata-leão"

Vereador teria tentado dar golpe de "mata-leão"

Reprodução

Um vereador da cidade de Carandaí, a 137 km de Belo Horizonte, foi preso em flagrante na manhã desta terça-feira (31), suspeito de agredir a atual companheira.

Segundo a Polícia Militar, os vizinhos escutaram os gritos da vítima durante a discussão do casal e chamaram a PM. Os militares afirmam que o suspeito e a mulher ainda estavam brigando quando a polícia invadiu o apartamento em que eles estavam.

No local, também estava a babá do filho do casal, de 11 meses de idade. Ela confirmou as agressões e ainda afirmou que o vereador Felipe Costa Franco Vieira (Patriota), de 32 anos, teria tentado dar um golpe de “mata-leão” na companheira, Nayara Maria Borges Pereira, de 30 anos, para tentar pegar o celular dela.

Veja também: Vereador morre em incêndio provocado pelo ex da namorada

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o casal mora junto há oito meses e, segundo os vizinhos, as brigas eram constantes. A discussão teria sido motivada porque a vítima quer o fim do relacionamento, mas o vereador não aceita.

A Polícia Civil explica que Felipe Vieira foi levado para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Conselheiro Lafaiete, a 96 km de BH, e deve ser liberado mediante o pagamento de fiança. Ainda segundo a PC, a vítima fez requerimento de medidas protetivas.

Posicionamento

Em nota, a Câmara Municipal de Carandaí afirmou que "não possui informações oficiais sobre o suposto envolvimento do vereador Felipe Costa Franco Vieira, em ocorrência policial na última terça-feira, dia 31 de agosto" e que aguarda informações para o posicionamento.

A reportagem entrou em contato com o Partido Patriota e aguarda posicionamento.

Últimas